O privilégio de ser pai

/uploads/posts/O privilégio de ser pai

Deus me deu o privilégio de ser pai da linda Lorena e desejo que todos pais vivam essa experiência maravilhosa! Mas ao mesmo tempo, vejo que cuidar de uma vida é uma das maiores responsabilidades que alguém pode ter. Não basta sermos pai ou mãe se não soubermos governar a própria vida, pois teremos que administrar uma outra e prestarmos contas a Deus de como cuidamos dela(s).

Acredito que o papel do pai é amar, cuidar, dar carinho e orientar no caminho correto. É ser um instrumento nas mãos de Deus na criação do filho. Por isso, o maior desafio não é ser pai, mas ser pai segundo o coração de Deus. Afinal, para isso, é preciso ser um exemplo de servo de Deus e ensinar os filhos no caminho da Verdade. Em Provérbios 22:6 está escrito: "Ensina a criança no caminho que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele."

Repare que a Bíblia não diz que o pai deve apenas ensinar o caminho; ele deve ensinar NO caminho, ou seja, ele deve acompanhar em todos os momentos da vida, levar à igreja, ler a Bíblia, ensinar o que é certo através do próprio exemplo. Ser pai é ser amigo, confidente e merecedor do respeito e confiança dos filhos. É rir das brincadeiras deles, mas também orar e chorar aos pés do Senhor para que Ele os livre das más companhias e de tantos males existentes no mundo.

A Bíblia conta a história de um filho que tinha um pai amoroso e cuidadoso, mas decidiu sair de casa por livre e espontânea vontade. Ele gastou toda a herança que recebeu e acabou pobre, cuidando de porcos. Porém, apesar de suas escolhas erradas, aquele filho nunca esteve perdido, pois tinha uma referência segura em sua vida: o seu pai. Ele sabia para onde voltar. Um filho que tem um pai verdadeiro, dificilmente se perde, pelo contrário, pode dar muitas voltas, mas sempre volta para a casa do pai.

O mundo de hoje tem sofrido com a decadência e o enfraquecimento da paternidade. O diabo tem feito de tudo para destruir a família, e a quantidade de filhos sem pais cresce absurdamente. Quanta tristeza! Que falta faz um pai de verdade, que ama a mãe e os filhos, que traz segurança e direção à sua família. Que falta que faz um pai, que guia o seu lar para o lugar mais seguro de todos: para a presença de Deus!

Este é o maior legado que um pai pode deixar para seus filhos: a fé e a obediência à Palavra de Deus. Como lemos no versículo acima: se ensinarmos os filhos no caminho em que devem andar, mesmo depois de muito tempo, eles não se desviarão dele. É isso que pretendo fazer com a minha filha e desejo que todos os pais sigam este conselho dado por Deus!

LEIA TAMBÉM:
A importância do pai na criação dos filhos
4 dicas para ensinar os filhos no caminho de Deus
Amor de pai (História para reflexão)
Ouça os conselhos de seus pais