Batismo no Espírito Santo

/uploads/posts/Batismo no Espírito Santo

Batismo no Espirito Santo é um dos assuntos mais confusos no meio cristão, pois muitos acreditam que o batismo no Espírito Santo é uma segunda etapa na carreira cristã, e que sem ele, algo está faltando. Algumas pessoas oram fervorosamente durante anos e vivem constantemente frustradas porque ainda não receberam uma manifestação clara do batismo no Espírito Santo. Outras até pensam que não são salvas porque ainda não receberam este sinal de Deus. Por isso, quero trazer um esclarecimento sobre este assunto.

O batismo no Espírito Santo foi uma promessa de Jesus aos apóstolos após a Sua ressurreição. Veja:

"Depois do seu sofrimento, Jesus apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus. Certa ocasião, enquanto comia com eles, deu-lhes esta ordem: "Não saiam de Jerusalém, mas esperem pela promessa de meu Pai, da qual lhes falei. Pois João batizou com água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo" (Atos 1:3-5).

E essa promessa se cumpriu em Atos 2:1-4:

"Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava".

Esse batismo capacitou os apóstolos a falarem em línguas estrangeiras para a multidão de judeus reunida de toda parte do mundo no dia de Pentecostes (Atos 2:5-8). Após isso, todos que foram batizados nas águas, receberam o dom do Espírito Santo (Atos 2:38). É certo que algumas pessoas receberam poder para operar milagres ou falar em outras línguas quando os apóstolos lhes impunham as mãos (Atos 6:5-8, 8:5-7,14-19 e Atos 19:6), porém, no Novo Testamento, só existe um outro caso semelhante ao batismo no Espírito Santo de Pentecostes - Foi quando Pedro levou o evangelho aos gentios - a família e os amigos de Cornélio. Veja:

"Enquanto Pedro ainda estava falando estas palavras, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a mensagem. Os judeus convertidos que vieram com Pedro ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado até sobre os gentios, pois os ouviam falando em línguas e exaltando a Deus. A seguir Pedro disse: "Pode alguém negar a água, impedindo que estes sejam batizados? Eles receberam o Espírito Santo como nós!" Então ordenou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Depois pediram a Pedro que ficasse com eles alguns dias" (Atos 10:44-48).

Depois disso, quando Pedro contou sobre o que aconteceu na casa de Cornélio, ele observou que aquele batismo era parecido com o que aconteceu com os apóstolos no Pentecostes. Veja o que ele disse:

"Quando comecei a falar, o Espírito Santo desceu sobre eles como sobre nós no princípio. Então me lembrei do que o Senhor tinha dito: ‘João batizou com água, mas vocês serão batizados com o Espírito Santo’" (Atos 11:15,16).

Resumindo: Deus usou o batismo no Espírito Santo quando apresentou a salvação aos judeus e depois, quando foi oferecida aos gentios. Anos depois, Deus revelou ao apóstolo Paulo que a igreja é o Corpo de Cristo e que o batismo com o Espírito Santo ocorre no exato momento em que alguém recebe Jesus como Senhor e Salvador. É nessa hora que o Espírito Santo passa a morar dentro da pessoa e ela se torna uma nova criatura. Veja:

"Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito" (1 Coríntios 12:13).

"Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa, que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória" (Efésios 1:13,14).

Perceba que é no momento em que cremos na palavra da verdade (evangelho), que recebemos o Espírito Santo. Você não encontrará nenhuma exortação na Bíblia dizendo que os cristãos devem ser batizados no Espírito Santo, pois isso já ocorreu no momento da conversão! Todos os cristãos nascidos de novo já são batizados no Espírito Santo, e é importante saber que o Espírito de Deus não vem morar dentro de uma pessoa pela imposição de mãos, mas somente pela fé em Jesus Cristo.

Acredito que ficou claro para você o que é o batismo no Espírito Santo, mas talvez você se pergunte: "O que acontece então quando alguém recebe o dom de línguas estranhas e tem uma experiência forte com o Espírito Santo? Não seria isso o batismo?" Não. Essas manifestações de dons e experiências sobrenaturais vêm quando há uma busca intensa por Deus e o desejo de estar mais perto Dele. Devemos lembrar que todos que confessam Jesus como Salvador, tem o Espírito Santo operando neles, mas nem todos buscam ser cheios do Espírito! Paulo disse que devemos nos deixar encher pelo Espírito (Efésios 5:18) e isso não deve ser apenas uma experiência, mas um estilo de vida em que, dia após dia, nos deixamos ser guiados e governados por Ele.

LEIA TAMBÉM:
Como ser cheio do Espírito Santo
Mensagens sobre vida cristã
Os cristãos devem dar o dízimo?
O jejum que agrada a Deus
Dons e talentos são presentes de Deus