4 passos para não deixar o dinheiro destruir seu casamento

Mensagens evangelicas

4 passos para não deixar o dinheiro destruir seu casamento

Anúncios

Todos os dias nós gastamos dinheiro: compramos alimentos, produtos, abastecemos o carro, pagamos as contas e despesas, sustentamos nossa família, abençoamos a igreja e ajudamos os mais necessitados, etc. O dinheiro é algo importante para todos e apesar de muitos pensarem o contrário, Deus se importa com a nossa vida financeira! Para você ter uma ideia, a Bíblia fala mais de dinheiro do que muitos temas que acreditamos serem vitais para uma vida cristã abençoada. Howard Dayton, em seu livro "O Seu Dinheiro" diz que, na Bíblia, há mais de 2.300 versículos sobre dinheiro, bens e posses.

O grande problema que envolve o dinheiro, contudo, é o tamanho da importância que nós damos a ele. E Deus nos faz um alerta importante sobre isso. "Se as vossas riquezas aumentam, não ponhais nelas o coração" (Salmos 62:10). A falta de sabedoria para lidar com o dinheiro pode causar grandes danos, inclusive no casamento. Para se ter uma ideia da gravidade desse problema, uma pesquisa feita pela Kansas State University coloca as finanças no topo das causas do fim de um casamento, à frente das traições, filhos, ciúmes, humilhações e até agressões físicas. Se o seu casamento tem seguido por esse triste caminho, quero lhe sugerir quatro passos para você controlar esse problema:

1) Reconheçam que têm um problema e busquem uma solução

Não adianta um ficar jogando a culpa no outro. Se vocês estão discutindo por causa de dinheiro, é hora de se unirem e orarem juntos para que Deus abençoe a vida financeira de vocês. Coloquem essa questão diante Dele, porque Deus não quer que o dinheiro atrapalhe sua família; Ele quer ajudá-los a ter controle sobre o dinheiro. Jesus disse: "Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta." (Lucas 11:9,10)

2) Não amem o dinheiro

Façam as seguintes perguntas para si mesmos: "Qual é a importância do dinheiro para nós? (não só o dinheiro, mas também as coisas que ele pode comprar) O dinheiro e as coisas materiais estão sendo prioridade em nossas vidas? O dinheiro está sendo maior do que o nosso amor?" A Bíblia alerta: "O amor ao dinheiro é raiz de todos os males" (1 Timóteo 6:10), ou seja, quando amamos o dinheiro, surgem todos os tipos de coisas ruins e problemas em nossas vidas. (Veja aqui se é uma pessoa gananciosa)

3) Não façam do dinheiro o seu patrão, mas o seu empregado

Em outras palavras, entendam que o dinheiro veio para serví-los, e por isso não deve ser supervalorizado. O objetivo principal de vocês deve ser agradar a Deus, obedecendo a Sua Palavra. Se vocês erraram ao lidar com dinheiro, peçam perdão e voltem-se para Cristo. Somente quando Ele é a base de sua família, é que vocês são felizes e prósperos de verdade. "Buscai em primeiro lugar o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Lucas 12:31).

4) Tomem medidas práticas para se livrarem das dívidas

Façam um planilha de controle financeiro e a cumpra à risca. Evitem novas dívidas; cortem os cartões de créditos se preciso ou guarde-os, se vocês têm dificuldades em controlar-se. E acima de tudo, tenham transparência um com o outro sobre tudo o que forem gastar. Sejam realistas e levem a sério a questão financeira, pois ela pode ser uma bênção ou trazer muita dor de cabeça. Decidam viver o que a Bíblia diz: "Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: "Nunca o deixarei, nunca o abandonarei" (Hebreus 13:5).

LEIA TAMBÉM:
Aprenda a lidar com dinheiro
Dicas para se livrar das dívidas
Como lidar com o desemprego

Anúncios
Anúncios
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mensagens por Temas