A oração do justo move a mão de Deus

/uploads/posts/A oração do justo move a mão de Deus

"Naqueles dias, adoeceu Ezequias de morte. Veio a ele o profeta Isaías, filho de Amós, e lhe disse: Assim diz o Senhor: Põe em ordem tua casa, porque morrerás, e não viverás. Então, ele virou seu rosto para a parede, e orou ao Senhor... Então disse o Senhor Deus: Eu ouvi tua oração e vi tuas lágrimas; eis que te sararei; ao terceiro dia, subirás à casa do Senhor. Acrescentarei a teus dias quinze anos... (2 Reis 20:1,2,5,6)

A palavra de Deus diz que a oração do justo pode muito em seus efeitos (Tiago 5:16). Quando o justo ora, a sua oração move a mão de Deus.

A palavra justo quer dizer "íntegro", pessoa justa, fiel, que tem uma vida reta, irrepreensível, e o rei Ezequias era assim. Quando Ezequias assumiu o seu reinado, ele não fez como seus antepassados que agiram mal diante de Deus, sendo idólatras, infiéis, irreverentes, chegando ao ponto de levantarem imagens de ídolos, colocando-os no templo do Senhor e acabando com o culto ao Senhor Deus. Porém, Ezequias foi diferente quando assumiu o seu reinado. A primeira coisa que ele fez foi reparar a casa de Deus derrubando os postes ídolos, tirando os ídolos da casa de Deus e restaurando o verdadeiro culto a Deus.

A palavra de Deus diz que Ezequias fez o que era reto ao Senhor conforme tudo quanto fez Davi, "seu pai" (2 Cr 29:2). Ele confiou  no Senhor Deus de Israel, de maneira que depois dele não houve ninguém semelhante a ele, entre todos os reinos de Judá. Ezequias se agarrou com Deus e não deixou de seguí-Lo, guardou os mandamentos que o Senhor havia dado a Moisés, e o Senhor Deus foi com ele, fazendo com que ele prosperasse aonde quer que fosse.

Mas, um dia o rei Ezequias ficou muito doente e recebeu a notícia vinda da parte de Deus, através do profeta Isaías, de que ele morreria. Ezequias chorou muitíssimo pois ele não queria morrer naquele momento e orou ao Senhor apelando pela sua justiça, dizendo: "Lembra Senhor de que andei diante de ti com retidão, com fidelidade e integridade de coração, e fiz o que era reto aos seus olhos." (2 Reis 20:2,3) E o texto diz que o profeta Isaías ainda não tinha saído do pátio do palácio quando o Senhor Deus falou com ele: "Volta e diz a Ezequias que ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas e, que eu o curarei, acrescentarei a ele mais quinze anos e o livrarei do rei da Assíria..."

Ezequias tinha compromisso com Deus e isso fez a diferença. O homem justo tem crédito com Deus e quando ele ora, a sua oração O agrada. Provérbios 15:8 diz: "O Senhor detesta as ofertas e sacrifícios dos ímpios, mas a oração dos justos é o seu contentamento." Não podemos pensar que Deus sempre atenderá nossos pedidos, pois Ele é Deus e a Sua vontade é melhor do que a nossa (1 João 5:14,15). Mas a Bíblia também diz que devemos nos achegar com confiança diante do trono da graça para alcançarmos misericórdia e achar graça na hora da necessidade (Hebreus 4:16). Isto só é possível porque Jesus nos reconciliou com Deus através do seu sangue. , e por causa do justo, Deus pode mudar situações e fazer muito além do que pensamos, como foi no caso de Ezequias.

Um outro exemplo de vida íntegra e retidão é Daniel. Daniel foi um homem justo e fiel a Deus, este homem orava constantemente a Deus e da mesma forma, ele também passou por uma grande provação. Por causa da inveja de seus companheiros de trabalho, estes fizeram uma armadilha para Daniel afim de prejudicá-lo. Criaram uma lei onde nenhuma pessoa poderia fazer pedidos a nenhum deus durante trinta dias, mas somente ao rei Dario. Caso contrário, essa pessoa seria lançada na cova dos leões. Porém, Daniel não obedeceu essa lei e como de costume, ele continuou orando ao seu Deus três vezes ao dia, e por causa disso Daniel foi lançado na cova dos leões. Mas Daniel era um homem justo e agrava a Deus. Ele orou ao Senhor lembrando-lhe de sua integridade e o Senhor enviou um anjo que fechou a boca dos leões! Daniel passou a noite inteira com os leões ferozes e não foi atingido por nenhum deles, porque Deus era com ele.

Assim, como estes homens, temos que ser justos, isto é, íntegros, irrepreensíveis e fiéis a Deus, para que no dia da adversidade, possamos ver o agir de Deus. A palavra de Deus diz que o pecado nos separa de Deus e impede que nossas orações sejam respondidas. A palavra de Deus diz assim: "Certamente que a mão do Senhor não está encolhida para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido para que não possa ouvir. Mas as vossas iniquidades (pecado) fazem separação entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça." (Isaías 59:1,2)

A palavra de Deus também diz que Ele abençoa o justo e o protege como um escudo, isto é, ele o cerca com suas bênçãos e dádivas (Salmos 5:12). Em Salmos 34:17 diz: "Os justos clamam, e o Senhor os ouve; livra-os de todas as suas angústias" (Salmos 34:17) e 1 Pedro 3:12: "Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos às suas orações, mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal."

Talvez você reconheça que não tem sido íntegro e fiel a Deus, mas está arrependido e quer as bênção do Senhor na sua vida. Para isso volte-se agora mesmo para Deus, clame por sua misericórdia e Ele te perdoará. A palavra de Deus diz que "um coração quebrantado e contrito o Senhor não despreza" (Salmos 51:17), e  Jesus disse: "Aquele que vier a mim de maneira nenhuma o lançarei fora" (João 6:37). Por isso tome posse do perdão de Deus, através dessa promessa: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" (1 João 1:9). Busque ser fiel e andar em santidade, pois essa é a vontade de Deus. Agindo assim com certeza você terá sempre o favor de Deus e será vitorioso em nome de Jesus.

LEIA TAMBÉM:
Esboços de Pregações
A oração poderosa de Jesus
O pecado atrapalha nossas orações