Entregue o seu ódio e raiva para Jesus

/uploads/posts/Entregue o seu ódio e raiva para Jesus

"O ódio excita conflito" (Provérbios 10:12).

O ser humano é falho por natureza. Por mais que uma pessoa tente fazer as coisas da melhor maneira possível, uma hora ou outra ela vai errar; e ninguém está livre disso, nem você. Muitas vezes as pessoas - intencionalmente ou não - cometem erros e injustiças contra nós e as primeiras coisas que costumam entrar em nosso coração são os sentimentos de raiva e ódio. Essas duas emoções são destrutivas, e seria difícil dizer se uma é mais prejudicial do que a outra. É que elas geralmente andam lado a lado; ódio quase sempre leva a raiva, e raiva quase sempre leva ao ódio.

O verdadeiro problema, porém, é que tanto a raiva quanto o ódio raramente são sentimentos ou emoções que ficam presos dentro de nós. Na maioria das vezes, eles se transformam em ações; e essas ações são destrutivas, tanto para nós como para os outros. Mesmo sem atacar e ferir alguém fisicamente, nossas palavras de raiva e ódio podem destruir um relacionamento. A Bíblia diz, com razão que: "O ódio excita o conflito".

Você pode se perguntar: Mas será que Deus nunca fica com raiva?; Será que Ele nunca odeia?. Por incrível que pareça, a resposta é sim! Porém, diferente de nós, Ele não odeia as pessoas, e sim o pecado. Deus nos ama e conhece as coisas terríveis que o pecado nos faz - e isso O deixa irritado.

Então, para ser liberto dos pecados do ódio e da raiva, você deve deixar que Cristo governe a sua vida e encha o seu coração e mente a cada dia. Fique firme em seu compromisso com Cristo e, em seguida, peça para Ele te dar um novo amor pelos outros - inclusive pelos seus inimigos. A Bíblia diz: "Sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes, não pagando o mal por mal ou injúria por injúria" (1 Pedro 3: 8,9).