Seu cônjuge é a pessoa mais importante de sua vida

Mensagens evangelicas

Seu cônjuge é a pessoa mais importante de sua vida

Anúncios

A família é o bem mais precioso que alguém pode receber de Deus e um grande erro que o homem e a mulher pode cometer é achar que Deus lhe deu uma missão maior do que a de se dedicar a sua família. Muitas pessoas crescem no ministério e aconselham muitas pessoas, transformam vidas, mas deixam de lado a esposa e os filhos. Acredito que esta nunca será a vontade de Deus!

Certa vez, eu ouvi uma ilustração muito impactante: um jovem missionário estava diante de um dilema desesperador durante uma viagem em que cruzava o oceano na companhia da esposa e filho. Quando já estavam em alto-mar, a embarcação começou a afundar. O filho e a mulher não sabiam nadar e não havia coletes nem botes salva-vidas disponíveis. A morte estava ali, pronta para atacar. E mesmo aquele jovem sendo um ótimo nadador, ele só poderia carregar um dos dois com ele, ou morreriam os três no mar. Não havia alternativa. O tempo se esgotava e ele precisava escolher entre estender as mãos na escuridão do oceano, em direção à sua esposa, ou ir em direção do seu pequeno e assustado filho. O que você acha que ele fez? Ele salvou a esposa.

Que Deus nos livre de tamanha angústia! Sem dúvida, seria uma escolha extremamente difícil. Mas segundo o pastor que contou esta ilustração, a decisão daquele jovem foi a mais correta, pois a esposa é "uma só carne" com seu marido. Ele não teria outra opção mesmo. Eu sei que essa posição contraria os valores da sociedade atual, pois ela privilegia a relação com os filhos e negligencia o cuidado com o cônjuge. Se essa fosse uma história real e aparecesse nos noticiários, o homem certamente seria julgado como um pai inconsequente, um homem desprezível. Mas, segundo a Bíblia, isso é uma inversão de valores. A Bíblia ensina que a mulher deve ser a pessoa mais importante para o marido e, da mesma forma, o marido deve ser o mais importante para a sua esposa.

O que ocorre com frequência hoje em dia é que as necessidades emocionais, que deveriam ser supridas pelo cônjuge, não o são. Então os pais buscam suporte emocional nos filhos. O problema é que os filhos não foram feitos para isso! Eles não devem servir como compensação para um relacionamento frio e desinteressado. Os filhos são a coroação do amor conjugal. Se o marido amar a esposa mais do que tudo e vice-versa, os filhos se sentirão mais confiantes. Eles terão segurança de que os pais se amam de coração e saberão que o lar é um lugar de paz, harmonia e segurança. Com isso, esse modelo será reproduzido nas futuras gerações da família.

Em Efésios 5:31 está escrito: "O homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne." Eu concordo que entender um casal como "uma só carne" não é uma das tarefas mais simples, pois são pessoas diferentes, com formações e personalidades bem diferentes. Então como podem ser uma só? É aí que o milagre acontece, pois o casamento foi criado para que o casal dependa de Deus o tempo todo. Assim, as diferenças são superadas e o amor se desenvolve a cada dia, conforme está escrito: "O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca perece" (1 Coríntios 13:4-8).

O problema é quando as diferenças começam a ficar mais evidentes do que o amor que os uniu. Nesse momento muitos casais pensam em voltar atrás e se esquecem de que amar é uma escolha, e não apenas um sentimento. Como se estivessem num beco sem saída, as pessoas se lembram de como antes tudo parecia melhor e mais fácil. Sentem saudades da casa de seus pais, do período de adolescência marcado pela falta de compromissos e, com isso, passam a enxergar a bênção de Deus como um problema. A união, que era um sonho do casal, vira um pesadelo que só pode ser resolvido pelo fim do casamento. Mas isso é um engano, pois os tempos bons só vêm com a esperança e dedicação para mudar as coisas.

É preciso ter um acordo no casal: avançar sempre. Um em favor do outro, um valorizando o outro. Nenhuma dificuldade tem o poder de destruir o casal que anda assim, pois entendem que nada é maior do que a sua história e o seu amor. Este é o caminho que Deus tem para cada casal: prosseguir em amor entre eles. Isso fará bem para bem para o casal e para os filhos!

LEIA TAMBÉM:
6 perguntas para fazer antes de divorciar

História - Valorize quem te ama
Mensagens sobre casamento
Como reconquistar a confiança perdida

Anúncios
Anúncios
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mensagens por Temas