Fuja do pecado

Mensagens evangelicas

Fuja do pecado

Anúncios

Desde que o pecado entrou no mundo através de Adão e Eva, o ser humano é obrigado a lidar com ele dia após dia. O pecado está em todos os lugares; algumas vezes ele aparece como algo inocente, outras vezes como algo mal. Independente da forma como ele se revela, o pecado nunca é bom (e nós sabemos disso), mas ainda assim, várias vezes nos entregamos às tentações. E, na maioria delas inventamos justificativas para Deus: "Eu não pude resistir, foi mais forte que eu". Eu entendo que todos nós podemos pecar por causa dos desejos da carne, mas sempre haverá uma forma de escapar dessas tentações.

Veja o exemplo de José, um homem que desde criança sempre teve uma relacionamento íntimo com Deus e buscava agradá-Lo em tudo. Isso, porém, não o livrou do sofrimento. Como sabemos, José foi vendido pelos próprios irmãos e se tornou escravo no Egito mesmo sem ter feito nada de errado. Durante esse tempo, o diabo se levantou contra ele colocando em seu caminho tentações que poucos conseguiriam resistir. Contudo, a sua fidelidade a Deus fez com que ele permanecesse firme e vencesse. Veja uma de suas vitórias, no qual podemos aprender grandes lições:

"Assim, embora ela insistisse com José dia após dia, ele se recusava a deitar-se com ela e evitava ficar perto dela. Um dia ele entrou na casa para fazer suas tarefas, e nenhum dos empregados ali se encontrava. Ela o agarrou pelo manto e voltou a convidá-lo: ‘Vamos, deite-se comigo!’ Mas ele fugiu da casa, deixando o manto na mão dela" (Gênesis 39:10-12).

A Bíblia conta que José era constantemente assediado pela mulher de Potifar, seu patrão. Aquela mulher insistia e queria a todo custo ir para a cama com ele. José era solteiro e a esposa daquele egípcio (que deveria ser muito atraente), ficava se insinuando descaradamente ao rapaz. O diabo age da mesma forma com cada um de nós; ele insiste em nos derrubar através do nosso ponto fraco. Você já ouviu aquele ditado: "Água mole e pedra dura, tanto bate até que fura?" Por isso, tenha muito cuidado com os pensamentos que você acha que "não tem nada a ver". A Bíblia diz:

"Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte" (Tiago 1:14,15).

Mas, ainda que a situação fosse muito difícil, José não se rendeu aos desejos da carne. Antes, ele se lembrou do quanto era importante sua comunhão com o Senhor, e pensou: "Como poderia eu, então, cometer algo tão perverso e pecar contra Deus?" (Gênesis 39:9).

José estava tão ligado a Deus que sabia que, se cedesse às tentativas daquela mulher, não trairia apenas a Potifar, mais também ao Senhor. E foi por amor a Ele que José resistia e fugia do pecado todos os dias. Ele não ficava provocando a esposa de Potifar, pois sabia que com o pecado não se deve brincar.

Que exemplo maravilhoso para nós, não acha?! Quantas vezes nós pecamos conscientemente e "provocamos o pecado". José, porém, nos ensina que devemos fugir do pecado e não ficar alimentando-o. É claro que não é fácil, a nossa natureza é falha e sempre vai nos puxar para a tentação, então, para não errar, temos que estar perto de Deus. A Bíblia diz: "Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês" (Tiago 4:7).

Muitos de nós nos deixamos levar pelo prazer momentâneo, caímos no pecado e acabamos gostando. Esse é o maior perigo! Mas não podemos esquecer que nem sempre será desse jeito. No dia em que Jesus voltar, devemos estar preparados. Por mais que pareça impossível vencer as tentações, não é, pois se estivermos em comunhão com Deus, Ele nos torna forte! Jesus está conosco e Ele já enfrentou e derrotou as tentações, por isso Ele pode nos ajudar nessa batalha mais do que ninguém. Veja:

"Portanto, visto que temos um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos com toda a firmeza à fé que professamos, pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade" (Hebreus 4:14-16).

Meu conselho para você é: fuja do pecado! Volte a orar, jejuar e andar com pessoas que possam te fortalecer espiritualmente. Preste atenção nos pensamentos que ocupam a sua mente e nas palavras que você diz, pois podem se tornar ações. Se você sabe que tem uma fraqueza, fique atento(a). O pecado até pode parecer bom e te oferecer prazeres momentâneos, mas não se engane, ele te afasta de Deus e, mais cedo ou mais tarde, irá te trazer tristeza, culpa e muitos outros sentimentos ruins. Prefira seguir o exemplo de José, que escolheu o caminho da santidade e Deus o honrou por isso.

"Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo". Uma vez que vocês chamam Pai aquele que julga imparcialmente as obras de cada um, portem-se com temor durante a jornada terrena de vocês" (1 Pedro 1:14-17).

LEIA TAMBÉM:
Mensagens sobre sexualidade
7 dicas para vencer as tentações da carne
Por que eu sempre caio no mesmo erro?
Pornografia na Bíblia

Anúncios
Anúncios
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mensagens por Temas