A luta da carne x espirito

/uploads/posts/A luta da carne x espirito

O que é mais fácil para o ser humano? Se controlar ou brigar? Dar a outra face ou dar o troco? Pensar antes de falar ou falar sem pensar? Dizer a verdade ou mentir? Ter olhos só para a esposa/marido ou cobiçar outra pessoa? Ajudar quem está sofrendo ou olhar para o próprio umbigo?

É claro que as segundas opções são, quase sempre, as mais cômodas e fáceis para nós, seres humanos - falhos e pecadores. Por mais que não seja o nosso desejo, na maioria das vezes, é o que acabamos fazendo. E a situação fica ainda mais "complicada" quando conhecemos a Verdade de Cristo. Isso porque, à partir do momento em que aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, uma verdadeira batalha começa dentro de nós: a carne x Espírito. Veja o que a Bíblia diz:

"Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam" (Gálatas 5:17).

A luta entre o "velho eu" e o "novo eu" parece nunca ter fim, aliás, enquanto estivermos nessa terra, todos os dias teremos que decidir quem irá prevalecer. Nessa disputa, a melhor coisa que podemos fazer é nos perguntar: "Em meu lugar, o que faria Jesus?". É obvio que agir como o Senhor em certas situações é muito difícil, mas a Palavra nos exorta que "aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou" (1 João 2:6).

Resistir às tentações, fazer o bem, ter autocontrole, recusar o que a carne pede e obedecer ao Espírito, é difícil, não é? Eu sei disso, porque todos os dias eu também enfrento esta batalha. Mas acredite: você e eu não somos os únicos a achar isso. O próprio apóstolo Paulo, considerado um dos maiores cristãos de todos os tempos, chegou a dizer: "Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo” (Romanos 7:18,19).

Depois disso ele reconhece de onde vem sua luta: "Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim" (Romanos 7:20). Paulo disse que a sua tendência em pecar, vinha do seu corpo contaminado pelo pecado, que foi gerado desde Adão e Eva. É aí que mora o problema! Por isso, se quisermos vencer essa luta, devemos alimentar o nosso homem interior com as coisas de Deus, pois só assim o nosso espírito terá vantagem sobre a carne. Caso contrário, o único a ficar feliz nesta história é o diabo, que anda ao nosso "...redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar" (1 Pedro 5:8).

Veja o que Paulo disse aos Gálatas a respeito disso: "Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos” (Gálatas 5:24). Já que temos Cristo como Senhor e Salvador, não podemos "permitir que o pecado continue dominando os nossos corpos mortais, fazendo com que obedeçamos aos seus desejos" (Romanos 6:12). Pelo contrário: temos que resistir às tentações colocadas pelo diabo e nos livrar das cadeias do pecado, se quisermos ser felizes e ter uma vida próspera com Deus! (Leia: Como vencer as tentações da carne)

Quando sua carne quiser falar mais alto que o Espírito Santo que habita em você, lembre-se que Jesus já pagou pela sua liberdade com o próprio sangue! Mesmo sem nunca pecar, Ele deu a própria vida para que nós deixássemos de agir pela carne e começássemos a ser guiados pelo Espírito. Quando Jesus morreu e ressuscitou, nós nos tornamos "mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus" (Rm 6:11). Por isso, você já tem a vitória que precisa e a capacitação para nunca mais ser escravo do pecado. Fortaleça o seu interior com oração, louvor e leitura da Bíblia todos os dias e seu relacionamento com Deus será cada dia melhor.

"Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão" (Gálatas 5:1).

LEIA TAMBÉM:
Como vencer as tentações
Pequei contra Deus. E agora?
Masturbação é pecado?
Pornografia na Bíblia