4 atitudes para você sair da zona de conforto

/uploads/posts/4 atitudes para você sair da zona de conforto

A zona de conforto é uma inimiga perigosa do seu futuro. Um obstáculo para o seu sucesso. Uma pedra de tropeço para aquilo que Deus sonhou para você. A verdade é que, se você permanecer acomodado, suas crises e problemas continuarão existindo e você não conseguirá cumprir o chamado que Deus tem para sua vida. Por isso quero te mostrar 4 atitudes para você sair da zona de conforto:

1) Analise onde você está 

Se você está trabalhando no mesmo cargo da empresa há mais de dez anos, se está pagando a mesma dívida há muito tempo, se continua sofrendo por algo ou alguém por um longo período, saiba que é hora de fazer um autoexame sobre a sua vida. "Por que, pastor?" Porque nós não podemos alcançar o que sonhamos fazendo as mesmas coisas de sempre. Precisamos analisar onde estamos e porque estamos na mesma situação.

Faça uma reflexão: estou confortável com a condição de vida que tenho hoje? Tudo está a mil maravilhas para mim? Ou será que estou nessa "vidinha" porque tenho preguiça de correr atrás de algo melhor? Cuidado, a preguiça pode arruinar a sua vida.

O preguiçoso morre de tanto desejar e de nunca pôr as mãos no trabalho. O dia inteiro ele deseja mais e mais, enquanto o justo reparte sem cessar” (Provérbios 21:25,26).

Por isso nunca tenha preguiça de aprender sobre algo novo. Vá em busca do que você deseja e isso fará de você uma pessoa mais interessante - não só na área profissional, mas também na sua vida sentimental e nos relacionamentos. E também não se apóie em desculpas, como: “Ah, mas isso é muito difícil”; “Não consigo, não tenho dinheiro”; “Eu até gostaria, mas estou muito velho(a) para isso”, etc. Se há uma coisa que Deus não aceita é a nossa desculpa!

Quando o Senhor chamou Moisés para libertar os israelitas das mãos de Faraó, qual foi a desculpa dele? Quem sou eu para apresentar-me ao faraó e tirar os israelitas do Egito?” (Êxodo 3:11), e a resposta de Deus foi: “Eu estarei com você!” (v.12). Da mesma forma aconteceu com o profeta Jeremias. A palavra do Senhor veio a ele, dizendo: “Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações” (Jeremias 1:4,5). Mas o profeta se desculpou: “Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem (v.6). E qual foi a resposta do Senhor? Não diga que é muito jovem. A todos a quem eu o enviar você irá e dirá tudo o que eu lhe ordenar. Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo, diz o Senhor” (v.7,8).

Por isso levante-se de onde você está e creia que Deus te ajudará a vencer todos os desafios à sua frente, pois Ele estará contigo!

2) Enfrente aquilo que está te prendendo 

Se você não enfrentar os seus medos, eles continuarão crescendo. Se você estiver se perguntando o que as pessoas pensarão se você falhar em sua nova tentativa de mudar, você estará se preocupando com a coisa errada. Você precisa se preocupar mais com o que Deus pensa a seu respeito do que qualquer outra pessoa! Veja o que o apóstolo Paulo disse:

“Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo (Gálatas 1:10).

Chega um momento em que você precisa parar de se preocupar com a opinião das pessoas se quiser cumprir a vontade de Deus para a sua vida.

3) Esqueça o que ficou para trás

Se você limitar o seu futuro por causa do que aconteceu lá atrás, você nunca conseguirá sair de sua zona de conforto. Você precisa parar de olhar para o espelho retrovisor da sua vida e acreditar que o melhor está por vir.

Algumas pessoas nunca mudam de vida porque ficam se condenando pelos erros e pecados que cometeram um dia. Se você é uma delas, confie nessa promessa do Senhor: “Sou eu, eu mesmo, aquele que apaga suas transgressões, por amor de mim, e que não se lembra mais de seus pecados(Isaías 43:25).

Como você pode ficar remoendo os seus pecados se nem Deus leva mais em conta? Deus não jogará seus erros passados na sua cara, mas o diabo irá. E ele só vai parar com isso se você permitir. Por isso, esqueça o que passou e siga em frente.

4) Mantenha sua motivação ao sair da zona de conforto

O que te dá motivação nos momentos de luta? É a sua família? Seus amigos? Sua fé em Jesus Cristo? Descobrir o que te dá forças para seguir adiante é muito importante para te ajudar a sair da zona de conforto. E mais uma coisa: você precisa ter disposição e alegria ao longo da caminhada. Em Provérbios 17:22 está escrito: “O coração bem disposto é remédio eficiente, mas o espírito oprimido resseca os ossos.” Então, não se esqueça de que, por mais difícil que seja, se você se manter motivado e alegre, não haverá obstáculos que conseguirão te impedir de sair da zona de conforto.

LEIA TAMBÉM:
5 maneiras de você mudar o mundo
Só tentar não basta para mudar de vida